Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2012

"Minha mãe se matou sem dizer adeus", de Evandro Affonso Ferreira

Gatos, cães e Neil Gaiman no Traçando livros de hoje

http://www.gaz.com.br/gazetadosul/noticia/342283-acho_que_vi_um_gatinho/edicao:2012-04-25.html
“Acho que vi um gatinho”Cassionei Niches Petry


Gosto muito de animais de estimação. Aliás, gosto de animais de uma forma em geral, inclusive de me alimentar de alguns. Mesmo sabendo que eles podem sofrer quando são abatidos, faz parte da minha natureza ser carnívoro, vem dos meus antepassados do tempo das cavernas. É engraçado as pessoas se intitularem bondosas porque defendem os direitos dos animais, muitas vezes apelando ao deus judaico-cristão, sendo que esse deus poderoso, cujo nome sou obrigado a ouvir e ler todos os dias, pedia sacrifícios de bichinhos inofensivos só para que esse mesmo nome ficasse cada vez  mais enaltecido. Está na Bíblia, ora! Mas não devaneemos. Ou melhor, sim, devaneemos, afinal, este texto é um devaneio crônico. Cronicar, devanear e ganhar alguns leitores (e perder outros tantos).Volto ao começo. Disse que gosto muito de animais de estimação. Por isso não os tenho…

Livros e café

Junto com os livros, o café é parte imprescindível da minha dissertação.

Textículos (XI)

Quando abriu o livro, o conto de Augusto Monterroso ainda estava lá.

Textículos (X)

Jorge Volpi no Traçando Livros de hoje

No Traçando Livros de hoje, no jornal Gazeta do Sul, escreveo sobre Jorge Volpi: http://www.gaz.com.br/gazetadosul/noticia/339685-a_boa_mentira/edicao:2012-04-11.html


A boa mentiraCassionei Niches Petry
Acredito que vocês, meus leitores, gostam de uma boa mentira, afinal, só leem o Traçando Livros porque apreciam literatura e são ludibriados por ela. A expressão ludibriar, diga-se, vem bem a calhar, na medida em que traz em sua raiz a palavra latina ludus, que significa jogo, divertimento. Nós nos divertimos e entramos no jogo proposto pelo escritor, conhecendo as regras e sabendo que elas podem ser desrespeitadas também. Suspendemos nossa crença na realidade para entrar na ficção. E, se ela for boa, somos contagiados por ela. Jorge Volpi, escritor mexicano, nascido em 1968, é um desses mentirosos contumazes. Não bastasse mentir tanto, resolveu escrever sobre essa sua falha de caráter, ou melhor, sobre a falha de caráter dos outros escritores. Mentiras contagiosas foi publicado em 2008…

Doc sobre ateísmo na TV Brasil, programa Outro Olhar

Uma reedição de trechos do documentário sobre ateísmo, em que fui entrevistado por Carine Immig e Fábio Goulart, foi parar no Outro Olhar, espaço para vídeos independentes no Repórter Brasil, programa jornalístico da TV Brasil. Segue o vídeo disponível no Youtube:

33, Vênus e Sexta-Feira da Paixão

 O nascimento de Vênus, de William-Adolphe Bouguereau
Camisa de vênus, monte de vênus, doença venérea, afrodisíaco. Palavras como estas, relacionadas à relação sexual, se originaram de uma deusa: Vênus para os romanos, Afrodite, para os gregos, deusa da beleza, do amor e da sexualidade. O sexto dia da semana ganha o nome de “viernes”, em espanhol, e “venerdi”, em italiano, porque é o dia dedicado a ela. Em inglês, “friday”, é o dia de Frigga, deusa nórdica, esposa de Odin e mãe de Thor, ela também uma divindade relacionada ao amor e à fertilidade. “Freytag”, em alemão, é em homenagem a outra deusa nórdica, Freya, divindade da luxúria. Reparem, ainda, que sexta contém a palavra “sex”. Este dia, portanto, é dedicado ao sexo, ao amor, às paixões e, claro, dia de apreciar os prazeres da carne.
Há alguns que pensam de forma diferente e preferem se distanciar destes prazeres. É o caso dos cristãos, grupo do qual fui membro durante anos. Hoje não podem (ou não deveriam) comer carne, beber, t…

Repostagem atualizada: Versões da "Última ceia"

Da Vinci Cena do filme "História do mundo: parte 1", de Mel Brooks Cena do filme "Veridiana", de Buñuel, a polêmica Ceia dos Mendigos


Salvador Dalí
"Em qual das ceias eu me sentiria bem?", me pergunto. A clássica do Da Vinci faz parte das minhas lembranças de infância, pois sua reprodução pairava sobre a mesa da cozinha lá de casa. Aliás, um enorme quadro, que nem imaginava quem tinha pintado. Mas não seria nessa mesa que me sentaria. Muito sóbria para o meu gosto.

A do meu Mel Brooks é engraçada. Na cena do filme o personagem dele está trabalhando de garçom e vai atender na sala onde Da Vinci está pintando a ceia real, ou tirando uma foto, não lembro, e ele entra de penetra. Só assistindo ao filme para entender. Mas não seria nessa.

Nas dos super-heróis? Não sei, uma delas, inclusive, traz o Capitão América como Cristo, ou seja, os EUA como o centro de todas as decisões do mundo. Na outra, a Mulher Maravilha faz o papel de João (ou seria de Mari…