Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2007
Hoje é o Dia Mundial do Escritor.

Resenha abortada (I)

Já dizia o Albert Camus, a única questão filosófica que existe é o suicídio. Pois é do próprio escritor francês a epígrafe que abre o romance de Antonio Di Benedetto, Os suicidas: “Todos os homens sãos pensaram em suicídio alguma vez”. Tema importante na literatura universal, está presente em obras fundamentais, sendo o caso mais conhecido o romance Werther, de Goethe, cujo personagem principal se suicida por causa de um grande amor. Na época, houve uma onda de suicídios de jovens na Europa, influenciados pela obra do gênio alemão. Poderíamos citar outros livros, como Ana Karênina (que está sendo lançado em nova tradução de Rubens Figueiredo), cuja morte da personagem principal é antológica. Para mim, porém, o melhor texto sobre o tema é o singelo e impactante “Passeio”, de Guy de Maupassant.
Por um momento, sexta-feira, me senti como se não fosse um brasileiro, pois a mídia dizia que o Brasil inteiro ia parar para ver a novela. Não parei. Mas acho interessante esse valor que o brasileiro dá para a ficcão. Pena que esse interesse não é também pela literatura.