Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2017

Notas de leitura de Inácio, de Lúcio Cardoso

Mais um quadro da galeria dos personagens atormentados de Lúcio Cardoso. Rogério Palma, o narrador e protagonista da novela Inácio, de 1944, conta sobre o período em que viveu numa pensão, quando tinha 19 anos, era estudante, mas decidira parar de estudar porque tinha um novo de plano de vida: “Os homens, para mim, são seres grotescos e miseráveis, acima de quem pretendo me colocar bem ostensivamente (...). A vida é espantosamente alegre. Esta é a base do meu famoso plano. Ser alegre, não de maneira comum, mas espantosa e definitivamente alegre, soberanamente alegre”.
Estava com uma febre que lhe provocava delírios enquanto dormia, entre eles chamar pelo nome de Inácio, segundo a dona da pensão. Por isso, em um primeiro momento, duvidamos do que ele nos narra, ainda mais quando soubemos onde está depois dos acontecimentos, ou seja, onde escreve a história. O ponto de vista é importante para este enredo, pois o mistério sobre os personagens que vão surgindo, principalmente a figura de …

Vamos falar sobre o suicídio?

Édouard Levé
Emil Cioran, um filósofo que me detona todas as vezes em que leio seus escritos, disse que “um livro é um suicídio adiado”. Coloquei este aforismo como epígrafe do romance que estou escrevendo e que nunca vou terminar. O artista francês Édouard Levé, por seu turno, concluiu seu breve romance intitulado Suicídio e se enforcou apenas três dias depois de entregar o manuscrito a seu editor, em 2007.
A obra é narrada em segunda pessoa, como se fosse uma carta. O narrador se dirige a um amigo da juventude que tirou sua própria vida, refletindo com ele as causas de sua morte e também seu comportamento enquanto vivo, suas relações, suas conquistas, suas perdas e decepções. “Tua morte escreve tua vida.” (A tradução que fiz dos trechos é de uma versão em espanhol.)
A julgar pelas características do amigo, somos levados a vê-lo como o próprio Levé, com a exceção da forma da morte: o personagem se mata com um tiro e não enforcado: “Não vacilaste. Preparaste a escopeta. Meteste um cart…

Escrevi sobre romance de Cristiano Baldi na Revista Amálgama

Baixe gratuitamente o e-book de "Os óculos de Paula"

"Os óculos de Paula" está na 14ª posição entre os romances mais baixados gratuitamente na Amazon. Tenho a leve impressão que se tivesse feito uma capa com a Paula seminua, estaria em 1º. Hoje é o último dia da promoção. Baixe, leia, compartilhe e avalie o e-book, e vamos chegar ao topo. Depois disso, volto ao esquecimento. Lembrando que é só se cadastrar na Amazon, baixar o aplicativo para ler no celular, tablet, PC e depois adquirir o e-book.  https://www.amazon.com.br/%C3%B3culos-Paula-Cassionei-Niches-Petry-ebook/dp/B00J4YBDAO/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1502383663&sr=8-1&keywords=cassionei

Resenha no Amálgama sobre Mariana Enriquez