Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2010

Minha resenha no Traçando Livros de hoje

Com direito à chamada na capa.
Versão em PDF
Versão Online

Talvez Freud explique A psicanálise e seu criador, Sigmund Freud, estão sendo duramente contestados - e com certa razão - num livro polêmico do filósofo francês Michel Onfray (O crepúsculo de um ídolo – a fabulação freudiana). Para Onfray, a psicanálise é inútil para curar pacientes e Freud era um charlatão. Lógico que a resposta não demorou para aparecer, tendo do outro lado do ringue nomes como o de Elisabeth Roudinesco. Polêmicas à parte, a psicanálise - tanto a freudiana, como a junguiana, a lacaniana e outras “anas” - tem um papel importante para a análise de algumas obras literárias. Justamente no meio dessa discussão toda “tracei” uma antologia de contos de literatura fantástica, organizada pelo escritor Braulio Tavares, intitulada Freud e o estranho: contos fantásticos do inconsciente (Casa da Palavra, 352 páginas).Na apresentação, Braulio escreve que um dos pontos importantes da psicanálise é a ideia de que a consciência é…

Talvez Freud explique