Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Escrevi sobre romance de Cristiano Baldi na Revista Amálgama

Mensagens recentes

Baixe gratuitamente o e-book de "Os óculos de Paula"

"Os óculos de Paula" está na 14ª posição entre os romances mais baixados gratuitamente na Amazon. Tenho a leve impressão que se tivesse feito uma capa com a Paula seminua, estaria em 1º. Hoje é o último dia da promoção. Baixe, leia, compartilhe e avalie o e-book, e vamos chegar ao topo. Depois disso, volto ao esquecimento. Lembrando que é só se cadastrar na Amazon, baixar o aplicativo para ler no celular, tablet, PC e depois adquirir o e-book.  https://www.amazon.com.br/%C3%B3culos-Paula-Cassionei-Niches-Petry-ebook/dp/B00J4YBDAO/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1502383663&sr=8-1&keywords=cassionei

Resenha no Amálgama sobre Mariana Enriquez

Que romance é esse!

Sem sombra de dúvidas ou sem dúvida de sombras: Que você é esse?, de Antonio Risério (Record, 434 páginas) é um dos melhores romances brasileiros da últimas décadas. Foi lançado no ano passado, mas somente agora consegui ler. Em que pese a polêmica provocada antes mesmo de seu lançamento, a obra não recebeu ainda o reconhecimento merecido. Precisamos rever isso aí.
O autor tinha a Editora 34 como a casa que publicava seus livros. Quando apresentou o romance para o editor, porém, recebeu uma negativa. Risério considerou a justificativa como uma censura devido ao teor político da narrativa, que trata, em boa parte, de uma visão crítica da esquerda no país, vinda de um militante decepcionado com os rumos de seus pares, e também dos bastidores do marketing eleitoral, do qual o autor fez parte como redator, somados ao momento político nacional em que a presidente Dilma estava prestes a ser afastada do governo, e ela é citada diretamente, como neste trecho: “... um sindicalista chamado Jaque…

"Os óculos de Paula" para Kindle

Recoloquei na roda o e-book do meu romance Os óculos de Paula pela Amazon, no formato Kindle, que pode também ser lido no computador, tablet e celular, bastando baixar os aplicativos gratuitos. Bolei, ainda, uma capa nova.  Acesse: https://www.amazon.com.br/%C3%B3culos-Paula-Cassionei-Niches-Petry-ebook/dp/B00J4YBDAO/ref=sr_1_3_twi_kin_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1501248990&sr=1-3

Coluna "Uma biblioteca na cabeça"

Inauguro um novo espaço para minhas escrevinhações no Portal Entretextos:
http://www.portalentretextos.com.br/materia/quero-ser-delatado-por-favor,12639

Uma resenha que não aconteceu

Terminei a leitura de Os invernos da ilha, de Rodrigo Duarte Garcia (Record, 462 páginas), já pensando em escrever uma resenha crítica, apontando alguns pontos positivos e outros negativos do romance. Antes de pôr a mão na massa, porém, entrei nas redes sociais e fiquei sabendo que a coluna do Raphael Montes, em O Globo, apontava a obra do Rodrigo como popular, para se divertir, e então desanimei.
Acontece que há um equívoco tremendo por parte de alguns autores e leitores de literatura de entretenimento quando afirmam que literatura policial, de mistério ou de aventura (em que se encaixaria Os invernos da ilha) são desprezados pela crítica. Este é o tom do texto de Raphael Montes. Ele e tantos outros se equivocam ao dizer que Rubem Fonseca, escritor já canonizado e que é objeto de estudos até em livros didáticos, não tem o reconhecimento que merece porque é taxado por fazer literatura menor. Ledo engano ou uma tentativa forçada de se colocar como vítima.
Ora, a “crítica” (coloco entre …