A filosofia no Planeta dos macacos

Estive agora há pouco conversando com meus alunos na aula de Filosofia sobre o filme O planeta dos macacos, o de 1968. Deu para explicar o pensamento mítico-religioso que imperava no planeta. Quando algum cientista começa a descobrir que o que está nos rolos sagrados não é totalmente verdadeiro, sofre punições. O capitão Taylor, que cai no planeta, representa justamente o filósofo, mais precisamente o homem que se desprende das correntes na caverna de Platão, pois busca a verdade, sendo impedido a todo momento pelo guardião da fé. Quando consegue encontrá-la...

Comentários

Caco Belmonte disse…
Apenas fazendo o reconhecimento do terreno. Voltarei. Abs !

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro