Honrosa visita

Tive a honra de receber a visita no blog de uma das melhores "cabeças pensantes" (acho engraçada esta expressão) do país, Rogério Skylab. O cara é poeta, mas é conhecido principalmente pelas suas músicas. É hit no youtube sua participação no Programa do Jô. No seu site pode-se baixar algumas músicas dos seus CDs, inclusive do mais recente, Skylab VIII. Está lançando também o livro de poemas, Debaixo das Rodas do Automóvel, pela Ed Rocco. Ele também tem um blog. Ao mesmo tempo escatológico, trash e lírico, faz um humor negro politicamente incorreto. Aí vai um de seus poemas:

UM FURO


Havia um furo bem no meio.
Pelas bordas podia se ver,
senão imaginar, o inimaginável:
o furo ali estampado.

Imaginam-se as tripas, as vísceras,
as convulsões, a hemorragia...
porque tudo isso é possível.
Até mesmo o olhar absorto.

de um Homem que vai morrer,
a gente pode imaginar.
Por exemplo: ele foi à padaria

e nunca mais voltou pra casa.
Mas aquele furo não dizia nada.
Era um furo fora de toda História.

Comentários

Mirella disse…
"Um furo bem no meio" HAHHAHAA
"Imaginam-se as tripas, as vísceras,
as convulsões, a hemorragia..."

Muito bom!!! :D

Parabéns pelo blog, Psor!
Anónimo disse…
Oi Cassionei,
Imaginei as pessoas banalizando o furo, mas olhando para o furo! Mentes e consciências vazias, o que importa para elas é o espetáculo de sangue e morte, de vida e cor. Jorcenita

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro