Texto de Marcos Rolim na ZH de hoje. Vai ao encontro do que escrevi ontem.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro