Morre Michael Jackson

Eu tinha meus 3, 4 anos quando MJ estorou com o álbum Thriller. Como toda criança que cresceu assistindo à televisão, eu tentava imitar seu famoso "moonwalker" e cantava no "embromation" suas músicas. Cresci acompanhando sua carreira, seus altos e baixos na vida pessoal, enfim. Não posso dizer que sou um fã dele. Não sou de colecionar coisas como reportagens de jornal, etc. Mas tenhos todos os seus discos, inclusive com os Jackson 5. Comecei a gostar da música negra a partir dele. Senti hoje que perdi uma pessoa próxima de mim. Não imaginava que teria uma reação como essa.
Infelizmente as novas gerações só o conhecem pelos escândalos envolvendo seu nome. Poucos sabem que ele sofreu um bocado nas mãos do seu pai. Todos os seus irmãos apanhavam muito. Lembro com comoção o seriado que passou na Globo sobre os Jackson. Me fica na lembrança aquele menino, com aquele sorriso, que fez da música sua companheira, que influenciou os jovens no modo de dançar, que realizou clips que eram obras de cinema. RIP, MJ.

Comentários

Eduardo disse…
Ele marcou época. É imortal!
InarA disse…
mesmo sendo da geração que só (quase) viu escândalos com o astro pop, também fiquei triste.
Lá onde morei até meus 10 anos, dançar na frente da frente da TV (manchete) era recorrente, tentando imitá-lo, passava minhas tardes de menina da roça, que não foi tão roça assim.

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro