Arnaldo Campos (1932-2012)

Morreu ontem o escritor Arnaldo Campos, de acordo com nota do IEL. Notável contista, seu livro O degrau foi uma de minhas leituras marcantes. Volume com menos de 70 páginas, me influenciou a lançar um livro igualmente curto, mas que procura ser denso e artisiticamente elaborado. Publicou ainda O justiceiro e outras histórias, Réquien para um burocrata, A boa guerra e A ceia do diabo. Na foto, os exemplares que tenho de sua obra na minha biblioteca.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro