Altair Martins

clique na imagem para ampliar

O escritor gáucho foi o vencedor do 2º Prêmio São Paulo de Literatura, categoria "autor estreante do ano", um pouco estranho, porque ele já tinha três livros publicados, era estreante só no eixo Rio-São Paulo. Mas enfim, é um escritor que admiro muito e já escrevi sobre seu terceiro livro há alguns anos para o Jornal Riovale, aqui da minha cidade.

Comentários

Felipe disse…
De acordo com o edital, para ser premiado como "autor estreante" só não é permitido ter uma obra publicada na mesma categoria. No caso do Altair é válido porque é seu primeiro romance. Mesmo assim, estranho...
Cassionei Petry disse…
Pois é, o Ronaldo Correia de Brito também é estrente em romance, pois assim como Altair Martins, já publicou três livros de contos, mas venceu na outra categoria.
Anna Faedrich disse…
Olá Cassionei,

estive por aqui... e que maravilha de resenha!

Realmente, a literatura do Altair é surpreendente. Ontem mesmo assisti uma defesa de mestrado, no eixo da escrita narrativa, aqui na PUCRS, e um dos integrantes da banca mencionou o Altair e sua linguagem para exemplificar uma de suas observações a respeito do trabalho desse meu amigo.

Enfim, ele já é referência para novos talentos da escrita criativa.

Abraço,
Anna.
Cassionei Petry disse…
Anna, obrigado pelo comentário, abraço.

Mensagens populares deste blogue

No Traçando Livros de hoje, Milan Kundera e A arte do romance

Uma resenha que não aconteceu