Altair Martins

clique na imagem para ampliar

O escritor gáucho foi o vencedor do 2º Prêmio São Paulo de Literatura, categoria "autor estreante do ano", um pouco estranho, porque ele já tinha três livros publicados, era estreante só no eixo Rio-São Paulo. Mas enfim, é um escritor que admiro muito e já escrevi sobre seu terceiro livro há alguns anos para o Jornal Riovale, aqui da minha cidade.

Comentários

Felipe disse…
De acordo com o edital, para ser premiado como "autor estreante" só não é permitido ter uma obra publicada na mesma categoria. No caso do Altair é válido porque é seu primeiro romance. Mesmo assim, estranho...
Cassionei Petry disse…
Pois é, o Ronaldo Correia de Brito também é estrente em romance, pois assim como Altair Martins, já publicou três livros de contos, mas venceu na outra categoria.
Anna Faedrich disse…
Olá Cassionei,

estive por aqui... e que maravilha de resenha!

Realmente, a literatura do Altair é surpreendente. Ontem mesmo assisti uma defesa de mestrado, no eixo da escrita narrativa, aqui na PUCRS, e um dos integrantes da banca mencionou o Altair e sua linguagem para exemplificar uma de suas observações a respeito do trabalho desse meu amigo.

Enfim, ele já é referência para novos talentos da escrita criativa.

Abraço,
Anna.
Cassionei Petry disse…
Anna, obrigado pelo comentário, abraço.

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro