Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2011

Resenha de Sobre Heróis e Tumbas (repostagem)

“A descida ao eu”
A frase que intitula esta resenha sintetiza o romance do século XX, segundo o escritor argentino Ernesto Sabato, que completou 99 anos no dia 24 de junho. A Argentina é um país que pode não ter o melhor futebol do mundo (apesar do título eminente), mas possui a melhor literatura, pelo menos na humilde opinião de quem escreve estas linhas, pois é o berço de Julio Cortázar, Jorge Luis Borges, Adolfo Bioy Casares e tantos outros. Não estranhe, caro leitor, se em plena Copa do Mundo estou neste espaço elogiando “los hermanos”. Não podia, porém, deixar passar a oportunidade de escrever sobre um grande escritor e sobre um livro que me tirou algumas noites de sono.Sabato foi um grande físico, chegando a trabalhar no Laboratório Curie, em Paris. Nos anos 40, depois de questionar esse mundo tão racional – que lhe provocava, segundo suas palavras, “um vazio de sentido”–, abandonou a ciência para se dedicar à literatura e à pintura. Publicou livros de ensaios e ro…

Morreu Ernesto Sabato

O blog está de luto. Morreu um dos meus escritores preferidos:


http://www.revistaenie.clarin.com/literatura/Murio-Ernesto-Sabato_0_472153095.html

A arte contra a opressão - Traçando Livros de hoje

Ler para ficar acordado

(Minha segunda colaboração na coluna do Curso de Letras da Unisc no jornal Gazeta do Sul)

Oh! que mensagem bonita!

Vídeo que mostra o amor de D-us, segundo alguns crentes:


Repararam na sigla (IURD)?
Esse vídeo mostra uma analogia com a história de que D-us deu seu único filho para salvar o mundo, aqui representado pelo trem, com pessoas solitárias, mal-humoradas, viciadas, etc, que, diga-se, acreditam nesse D-us. E mesmo assim esse ser dito superior, com todo seu amor pela humanidade, deixa o mundo ficar por séculos e séculos como está, com pessoas solitárias, mal-humoradas, viciadas, violentas, assassinas, sem bondade, sem amor, sem caridade, etc, num joguinho pior do que qualquer jogo de vídeo-game violento. Emocionar-se com a história de um cara que deixa seu filho ser esmagado por uma ponte para salvar outras pessoas? Poupem-me dessa!
O vídeo só mostra que esse seu D-us, se existe, é um escroto e que não precisamos dele para sermos pessoas boas. Por essas e por outras que minha tolerância com os crentóides se esgotou.

23 de abril - Dia Mundial do Livro

O que fazer nesse dia?

Preconceito contra os ateus - bastidores