Reproduzo aqui um e-mail que recebi do Marcelo, neto do criador da expressão que dá nome a este blog, conforme escrevi no primeiro post:

Olá meu caro! Estava navegando pela rede e acabei desaguando no seu blog e li sobre o Porém. Bom, este tal Jorge Porém era meu avô materno e realmente ficou conhecido pelo "ah porém". No entanto o momento de sucesso, se assim podemos dizer, não foi perene. Em verdade foi um rio que passou na vida dele.
Foi legal ver alguém falar sobre ele, mesmo que de forma sucinta.
Um forte abraço!

Comentários