Entendendo o cinema (Edwin S. Porter)

Edwin Stanton Porter (Connellsville, Pennsylvania, 21 de abril de 1870 – 30 de abril de 1941) foi um cineasta norte-americano.

Fundindo o estilo documentalista dos Irmãos Lumiére e as fantasias teatrais de Méliès, Edwin Porter desenvolve, em 1902, os princípios da narrativa e da montagem com o filme ”A Vida do Bombeiro Americano”, e consolidados um ano mais tarde com “O Grande Roubo do Comboio”, um filme de 12 minutos, com inovações como a montagem de planos realizados em diferentes momentos e lugares para compor uma narrativa, que foram decisivas para o desenvolvimento do cinema. Foi o primeiro grande clássico do cinema americano que inaugura o gênero western e marca o início da Indústria Cinematográfica.

Fonte: Wikipédia



O Grande roubo do trem
(Great Train Robbery, The, 1903)

Direção:
Edwin S. Porter
Roteiro:
Scott Marble (história)
Gênero:
Ação/Faroeste
Origem:
Estados Unidos
Duração:
12 minutos
Tipo:
Curta

Sinopse:
Um grupo de bandidos executa um ousado assalto a um trem e a seus passageiros, para depois fugir pela mata. Considerado por muitos o primeiro faroeste, contendo cenas que grandes filmes do gênero apresentariam décadas depois.
Fonte: Cine Players


Sobre o filme "O Grande roubo do trem", vale a pena ler este texto de Weliton Vicente no site Cine Players

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro