Traçando livros


Minha coluna na Gazeta do Sul se chama a partir de hoje "Traçando livros". Irei revezar a cada quarta-feira com a coluna "Novas escrituras", do Romar Belling. Hoje, resenha sobre o livro Leite derramado, do Chico Buarque.

Por que “traçando livros”? Primeiro porque a traça é um inseto que devora as folhas de um livro, assim como faço, metaforicamente, claro. Em segundo lugar, lembra vestígios, marcas que os livros deixam gravados em quem os lê. Pode lembrar também os riscos, marcações que deixamos nos textos. Ou, simplesmente, no sentido de esboço, no caso, esboço dos meus pensamentos sobre o mundo e o ser humano, sempre passando pelo filtro das páginas que leio, esboços que podem ser apagados e modificados, afinal, acredito que nós traçamos nosso próprio caminho.


Comentários

Mirella disse…
Buenas, psor! Passando para pôr a minha leitura do blog em dia.
Cassionei Petry disse…
Pelo menos tu mantens esse blog vivo!