Cesare Pavese, escritor italiano, uma semana antes de se suicidar, escreveu no seu diário :
"Sem palavras. Um ato. Não vou escrever mais."

Comentários

Ultimamente tenho achado este ato muito mais absurdamente perverso do que o suicidio... Me consome num desespero de tal modo que talvez poderia compara-lo a tal... =/

Mensagens populares deste blogue

No Traçando Livros de hoje, Milan Kundera e A arte do romance

Uma resenha que não aconteceu