Novo nome para o blog



A partir de hoje, para celebrar as 100 mil visualizações e média mensal de 5 mil, o blog recebe novo nome: “El alacrán clavándose el aguijón”. A expressão é tirada do capítulo 28 de Rayuela (Jogo da amarelinha, em português), do Cortázar, escritor de minha predileção. É uma fala da personagem Etienne: “Apenas te metés un poco en serio en sus textos empezás a sentir lo de siempre, la inexplicable tentación de suicidio de la inteligencia por vía de la inteligencia misma. El alacrán clavándose el aguijón, harto de ser un alacrán pero necesitando de alacranidad para acabar con el alacrán.”

A ideia de que um escorpião crave em si mesmo o próprio ferrão lembra a figura mítica do oroboro e tem a ver com temas que me interessam, como o suicídio e a metaficção. É também uma homenagem ao grande (no tamanho e na qualidade) escritor argentino, bem como à literatura de língua espanhola.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

No Traçando Livros de hoje, Milan Kundera e A arte do romance

Uma resenha que não aconteceu