Cortázar, 26 de agosto

No dia do aniversário do Cortázar, me deparo com este texto do Milton Ribeiro. Milton, caíste no meu conceito. Uma simples pesquisa nos periódicos argentinos e as constantes reedições da obra cortazariana provam que o teu mestre Idelber Avelar, que prefere Paulo Coelho, está equivocado ao usar opiniões de alguns críticos para tentar derrubar o autor de Rayuela.

Comentários

charlles campos disse…
O Pondé é chamado para falar sobre Bauman, o Safatle sobre Zizék, o Magnoli sobre Isaiah Berlin, e o Idelber... sobre Paulo Coelho. Isso já diz tudo.

O Milton já escreveu tantos textos bons sobre Cortázar, e agora aparece com este. E o mais engraçado é um caboclo com certo apuro jornalístico como ele cair nessa falácia de que "críticos conceituados desmerecem o valor de Cortázar na Argentina". Cite fontes, Milton, mas não esses argumentistas obscuros que ninguém, fora o mago do Biscoito, conhecem.
Cassionei Petry disse…
O pior argumento foi o dos livreiros. Milton decepcionou, né não?

Mensagens populares deste blogue

No Traçando Livros de hoje, Milan Kundera e A arte do romance

Uma resenha que não aconteceu