Duas opiniões sobre "Arranhões e outras feridas"



Charlles Campos, nos comentários aqui do blog:

“... li ontem seu conto "Ônibus" no trabalho, e fiquei realmente encantado com seu domínio de várias técnicas da ficção. O lance de se colocar aos poucos na trama, rodando em torno de uma bem urdida propaganda de seu romance "Os Óculos de Paula", me pareceu muito bem feito. Um conto, aí sim, com boa musicalidade. E vi ali o quanto você aprendeu bem o que Cortázar te ensinou.”

Carlos Henrique Schroeder, autor de "As certezas e as palavras" e "Ensaio do vazio". Por e-mail:

"Cassionei, bom dia, somente agora pude ler o livro. Muito bom, contos curtos, ágeis, rápidos e rasteiros. Gostei muito de Lenira, Flagrante e Concurso literário. Parabéns."

Comentários

Mensagens populares deste blogue

No Traçando Livros de hoje, Milan Kundera e A arte do romance

Uma resenha que não aconteceu