Avançar para o conteúdo principal

Querido Deus

Dear God, música da banda inglesa XTC

Caro Deus,
Espero que você tenha recebido a carta e
Eu rezo para que você possa fazer melhor que isso aqui em baixo
Eu não falo de uma grande redução no preço da cerveja.
Mas todas as pessoas que você fez a sua imagem,
parecem estar morrendo de fome aos seus pés
Porque eles não tem o suficiente para comer
De Deus.
Eu não consigo acreditar em você.

Caro Deus,
Desculpe por incomodá-lo mas
Eu sinto que eu deveria ser ouvido alto e claro.
Nós todos precisamos de uma grande redução na quantidade de lágrimas.
Mas todas as pessoas que você fez a sua imagem,
Parecem estar brigando nas ruas
Porque elas não conseguem formar opiniões sobre deus.
Não consigo acreditar em você.

Você fez as doenças
E o diamante azul?
Você fez a humanidade
Depois nós o fizemos?
E o Diabo também...

Caro Deus,
Não sei se você foi avisado mas
Seu nome está em várias citações nesse livro.
Nós os humanos loucos escrevemos; você deveria dar uma olhada.
E todas as pessoas que você fez a sua imagem
Continuam acreditado que esse lixo é real.
Bem, eu sei que não é, e você também,
Caro deus.

Eu não consigo acreditar...
Eu não acredito...

Eu não acredito em Paraiso e Inferno,
Nenhum santo, nenhum pecador, e nenhum diabo também,
Nenhum portão perolado, nenhuma cruz de espinhos.
Você está sempre deixando nós humanos abatidos.
As guerras que você traz, as crianças que você afoga,
Aqueles perdidos no mar e nunca encontrados.
E é a mesma coisa no mundo inteiro,
A dor que eu vejo ajuda a compor
O Pai, Filho e o Espírito Santo
É somente brincadeira profana de alguém.
E se você for lá em cima, você percebe
Que meu coração está em cima da manga.
E se há uma coisa na qual eu não acredito

É em você, caro Deus
Caro Deus.

Fonte da tradução: http://letras.mus.br/xtc/43397/traducao.html

Comentários

charlles campos disse…
Não conhecia a banda. Baixei pelo Torrent a discografia. Essa música, pelo que consta no allmusic, está no álbum Skylarking. Pois removeram a faixa desse disco. E não consta em nenhum dos outros títulos do grupo.
Cassionei Petry disse…
Na versão original do disco não havia. A música era lado B de um compacto de uma das músicas. Como fez sucesso, foi lançado um single só com ela e depois ela entrou no lugar de outra música nas demais versões do disco. Esse que você baixou deve ter sido a primeira versão.

Mensagens populares deste blogue

Uma resenha que não aconteceu

Terminei a leitura de Os invernos da ilha, de Rodrigo Duarte Garcia (Record, 462 páginas), já pensando em escrever uma resenha crítica, apontando alguns pontos positivos e outros negativos do romance. Antes de pôr a mão na massa, porém, entrei nas redes sociais e fiquei sabendo que a coluna do Raphael Montes, em O Globo, apontava a obra do Rodrigo como popular, para se divertir, e então desanimei.
Acontece que há um equívoco tremendo por parte de alguns autores e leitores de literatura de entretenimento quando afirmam que literatura policial, de mistério ou de aventura (em que se encaixaria Os invernos da ilha) são desprezados pela crítica. Este é o tom do texto de Raphael Montes. Ele e tantos outros se equivocam ao dizer que Rubem Fonseca, escritor já canonizado e que é objeto de estudos até em livros didáticos, não tem o reconhecimento que merece porque é taxado por fazer literatura menor. Ledo engano ou uma tentativa forçada de se colocar como vítima.
Ora, a “crítica” (coloco entre …

"Cacos e outros pedaços" no Caderno de Sábado do Correio do Povo

O lançamento do meu livro na semana passada teve divulgação no Caderno de Sábado do jornal Correio do Povo, de Porto Alegre.