Capítulo das "tretas" literárias



O Humberto Werneck andou escrevendo esses dias no Estadão sobre alguns entreveros no nosso mundinho literário no Brasil.  Esta briga, que pode ser lida nas imagens acima, não foi mencionada, mas aparece no livro "As melhores entrevistas do Rascunho - vol.1", organização de Luís Henrique Pellanda e edição da Arquipélago. Foi lembrada a partir da entrevista do Nelson de Oliveira, que organizou a coletânea "Geração 90: manuscritos de computador".

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Eu te amo" ou sinal do Diabo?

Sobre “Amortalha”, de Matheus Arcaro