Mais um poema sobre o suicídio

HOMENAGEM

Jack London               Vachel Lindsay               Hart Crane
René Crevel                Walter Benjamin            Cesare Pavese
Stefan Zweig               Virgínia Woolf                Raul Pompéia
                                     Sá-Carneiro


                           e disse apenas alguns
                           de tantos que escolheram
                           o dia a hora o gesto
                                     o meio
                                     a dis-
                                     solução

(Carlos Drummond de Andrade)

Comentários

charlles campos disse…
O poeta é um mentiroso mesmo. Faz crer que foi uma honrada e deliberada decisão dos suicidas. A maioria desses aí foram levados ao suicídio, contra suas vontades, como Walter Benjamin e Zweig. A beleza está no falseamento, na mesma tradição do embelezamento hagiográfico que a igreja católica faz há centenas de anos. Um procedimento equivocado, pois, para um ateu convicto como você.