25 anos de Engenheiros do Hawaii

Hoje é o dia para escutar toda a discografia dessa banda que mistura o rock com literatura e filosofia. Há exatos 25 anos, fizeram o primeiro show em Porto Alegre e no ano seguinte lançaram o primeiro LP, "Longe demais das capitais". Estou ainda matutando para escrever um texto ou mais de um sobre os álbuns da banda, principalmente sobre as letras do Humberto Gessinger. Talvez durante o ano surjam muitas coisas sobre os Engenheiros por aqui.

Comentários

Marco Greis disse…
Eu sempre fui fa dessa banda.
Atualemente nao acompanho como antes, mas estive no seu primeiro show e viajo com as letras desses caras. Parabéns Engenheiros.
Cassionei Petry disse…
Privilegiado, hein, Marco?
Viu o show com a formação clássica (Gessinger, Maltz e Licks)?
Eduardo disse…
meus pais ouviam (e ainda ouvem, é uma das bandas prediletas deles) e eu ouço. Acho foda.
O Gessinger disse, que, talvez, eles voltassem esse ano pra comemorar os 25 anos. Se isso acontecer, acho pouco provável que o Licks venha junto, por causa dos desentendimentos com o Carlos (Maltz) e com o próprio H. Gessinger. Mas, sei lá, espero que voltem os tres!
abraço!
Cassionei Petry disse…
Esse ano ele disse que os Engenheiros vao ficar hibernando e ele vai se dedicar ao Pouca Vogal.Mas no ano que vem, que são os 25 anos do primeiro disco, talvez aconteça uma comemoração. Quanto ao Licks, acho difícil voltar mesmo.

Mensagens populares deste blogue

No Traçando Livros de hoje, Milan Kundera e A arte do romance

Uma resenha que não aconteceu